Make It Clear Brasil

Um apoio ao livre pensamento e a um entendimento do mundo baseado em evidências

Experimento com hormônio indica que a cura para o jet lag pode estar próxima

Núcleo Supraquiasmático de um rato, localizado próximo ao quiasma óptico, onde ambos os nervos ópticos convergem. As manchas azuis na parte de baixo retratam a mielina dos nervos ópticos. Foto: Hitoshi Okamura e Yasuhiko Ibata

Núcleo Supraquiasmático de um rato, localizado próximo ao quiasma óptico, onde ambos os nervos ópticos convergem. As manchas azuis na parte de baixo retratam a mielina dos nervos ópticos. Foto: Hitoshi Okamura e Yasuhiko Ibata

O jet lag é um incômodo para quem viaja longas distâncias longitudinais. Conhecido também como dissincronose, o fenômeno é causado pelo rompimento do ciclo circadiano (ciclo de 24 horas dos processos bioquímicos nos organismos vivos). O organismo de um indivíduo está habituado ao ciclo dia/noite proveniente do movimento de rotação da Terra. Conforme mudamos rapidamente de meridiano, por exemplo, em uma viagem de avião, o organismo deseja manter um ritmo biológico (horas de repouso e alimentação, etc.) que não mais se aplica devido à mudança de fuso horário.

Agora, uma equipe de pesquisa com membros de vários centros de pesquisa japoneses encontrou o que parece ser uma conexão entre o hormônio vasopressina e o jet lag. Em artigo publicado no periódico Science, a equipe descreve experimentos conduzidos com ratos de laboratório cuja conclusão indica que reprimir conexões nervosas naturais que respondem à vasopressina reduz o tempo que leva para os ratos reajustarem seu relógio circadiano.

Além de ser um problema para os viajantes, estudos recentes têm mostrado que o jet lag pode causar problemas médicos naqueles que trabalham durante a madrugada. Pensando em quem sofre do transtorno, os cientistas têm procurado meios de reduzir o tempo de readaptação do relógio circadiano e, no caso do estudo japonês, os pesquisadores voltaram seus olhos para uma região do cérebro chamada de núcleo supraquiasmático que, acredita-se, é a principal área envolvida no monitoramento da passagem do tempo e, portanto, no ciclo circadiano.

Com análises meticulosas, os pesquisadores descobriram que muitos neurônios no núcleo supraquiasmático possuem receptores sensíveis à vasopressina. Para descobrir o porquê disso, eles modificaram ratos geneticamente para que inibissem tais receptores e, então, alteraram artificialmente a “agenda” de atividades realizadas pelos roedores com base no ciclo dia/noite.

Descobriu-se que, sem os receptores, os ratos eram capazes de se adaptar a horários radicalmente diferentes em apenas um dia, ao contrário da semana toda (ou mais) que levou para os ratos não modificados geneticamente. Em seguida, aplicaram somente nos cérebros (neurônios sensíveis à vasopressina podem ser encontrados por todo o sistema nervoso) destes últimos ratos um composto químico que, sabe-se, bloqueia os mesmos receptores. O resultado foi o de que estes ratos foram capazes de reajustar seus relógios biológicos em três dias, muito mais rápido do que de costume, embora ainda mais devagar do que o fizeram os ratos sem receptores.

Os achados da equipe sugerem que uma cura para o jet lag pode estar próxima. Porém, a substância química aplicada nos ratos ainda não foi testada quanto à possibilidade de efeitos colaterais, especialmente os relacionados ao funcionamento dos rins — a vasopressina age provocando a retenção da água nos rins para ajudar na regulação dos níveis de sal no corpo.

Fonte: MedicalXpress

Anúncios

2 comments on “Experimento com hormônio indica que a cura para o jet lag pode estar próxima

  1. Elisa Marcelino
    4 de Outubro de 2013

    Isso é algo que sempre é bom saber! 😉

    • Make It Clear Br
      4 de Outubro de 2013

      É mesmo, Elisa dos Caracóis Viajantes! O tema é bastante importante pra quem viaja!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 4 de Outubro de 2013 by in Medicina and tagged , , , , , , .

Navegação

%d bloggers like this: