Make It Clear Brasil

Um apoio ao livre pensamento e a um entendimento do mundo baseado em evidências

Freud, Golfinhos e mais: Os 10 artigos do Make It Clear mais lidos em 2013

Olá, amigas; olá, amigos! Quero agradecer imensamente a vocês pela audiência recebida pelo Make It Clear Brasil neste ano de 2013.

Nestes — quase — 8 meses de existência do blog, foram publicados 252 artigos. De pesquisas a respeito das origens da vida a tecnologias que podem fazer parte do nosso futuro; das infinitesimais estruturas atômicas aos deslumbrantes fenômenos do cosmos, acredito que este espaço de divulgação da ciência tenha sido eclético em suas escolhas, porém, a aceitação dele se deve exclusivamente a vocês que visualizaram, comentaram e compartilharam o conteúdo nas redes sociais.

Para celebrar este final de ano, deixo-lhes uma lista contendo os 10 artigos deste blog mais lidos em 2013. Espero que gostem!

Aproveito a ocasião para comunicar o recesso da página, que volta com material inédito, ao que tudo indica, na segunda semana de janeiro.

Boas Festas e um maravilhoso 2014 para todos!

1. Especial: Fase fálica e Complexo de Édipo na Psicanálise de Freud

Sigmund Freud (1856-1939)

Sigmund Freud (1856-1939)

Sigismund (depois alterado para Sigmund) Schlomo Freud nasceu em 6 de Maio de 1856 em Freiberg, Morávia, hoje Příbor, na República Tcheca. Ainda jovem, mudou-se com a família para Viena, Áustria, onde foi educado até se formar em medicina pela Universidade de Viena.

Graduado, trabalhou no Hospital Geral da cidade antes de viajar a Paris, em 1885, para ser aluno do neurologista Jean Charcot. Voltando a Viena no ano seguinte, Freud passou a exercer a prática médica com foco em transtornos nervosos e cerebrais. A partir daí, seu contato com os pacientes e a análise de si próprio levaram-no a escrever suas aclamadas obras, pelas quais recebeu o apelido de “pai da psicanálise”. Continue lendo…

2. Genes predispõem certas pessoas a se concentrarem no “lado ruim” das coisas

Crédito: Tracy Whiteside, iStock / University of British Columbia

Crédito: Tracy Whiteside, iStock / University of British Columbia

Estudo de uma pesquisadora da Universidade da Colúmbia Britânica, no Canadá, revela que algumas pessoas estão geneticamente predispostas a apresentarem pensamentos pessimistas, focando o lado ruim das coisas. Publicada no periódico Psychological Science, a dissertação apresenta a conclusão de que a variante de um gene pode fazer com que indivíduos percebam determinados eventos emocionais — especialmente os negativos — mais vividamente. Continue lendo…

3. Norueguesa que denunciou estupro é condenada à prisão em Dubai

A norueguesa Marte Deborah Dalelv, 24, que relatou ter sido vítima de estupro em Dubai e foi condenada a 16 meses de prisão por fazer sexo fora do casamento e outros dois crimes.

A norueguesa Marte Deborah Dalelv, 24.

Um tribunal de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, condenou à prisão uma norueguesa de 24 anos que afirmou ter sido estuprada no país. A jovem foi condenada a 16 meses de reclusão por ingerir bebida alcoólica, fazer sexo fora do casamento e atentar contra a decência.

Marte Deborah Dalelv fez a denúncia de estupro no dia 6 de março, quando estava em viagem de negócios pelo país e então acusada formalmente dos crimes pelos quais foi condenada. Continue lendo…

4. Especial: Como as espécies respondem ao aquecimento global?

Aves pequenas, de vida curta como o chapim-real podem sobreviver ao aquecimento global graças à sua habilidade de adaptação, de acordo com um novo estudo.

Aves pequenas e de vida curta, como o chapim-real, podem sobreviver ao aquecimento global graças à sua habilidade de adaptação, de acordo com um novo estudo.

Duas matérias publicadas, uma no e! Science News, e outra no Los Angeles Times, abordaram o tema do poder de reação das espécies ao aquecimento global, mudança climática associada à atividade humana através do lançamento na atmosfera de gases de efeito estufa.

O Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) nos alerta para a possibilidade de que a média da temperatura global sofra acréscimo de cerca de 4 graus Celsius até o fim o século. Partindo desta premissa, o ecólogo John J. Wiens (Universidade do Arizona) e o pesquisador assistente Ignacio Quintero (Universidade Yale) estimaram a taxa de evolução necessária para que as espécies sobrevivam à alteração climática. Continue lendo…

5. Seca teria levado civilizações mediterrâneas ao colapso

Análises de partículas fossilizadas de pólen nos fornecem indícios da ocorrência de secas que podem explicar a queda de civilizações mediterrâneas. Foto: Bob Sacha, Corbis

Análises de partículas fossilizadas de pólen nos fornecem indícios da ocorrência de secas que podem explicar a queda de civilizações mediterrâneas. Foto: Bob Sacha, Corbis

Há cerca de 3.200 anos, diversas civilizações prósperas na costa leste do Mar Mediterrâneo entraram em declínio. Agora, um estudo de partículas de pólen fossilizadas extraídas de sedimentos no fundo do Mar da Galileia pode ter resolvido um mistério histórico que se arrasta há décadas.

“Em um curto período de tempo, todo o mundo da Idade do Bronze desmoronou”, afirma Israel Finkelstein, arqueólogo do Instituto de Arqueologia da Universidade de Tel Aviv e um dos principais cientistas que conduziram o estudo. Continue lendo…

6. Golfinhos e morcegos chegaram à ecolocalização da mesma maneira

Golfinhos e morcegos deram os mesmos passos no desenvolvimento da ecolocalização, aponta estudo. Fotos: Esq.: NASA; Dir.: U.S. Government

Golfinhos e morcegos deram os mesmos passos no desenvolvimento da ecolocalização, aponta estudo. Fotos: Esq.: NASA; Dir.: U.S. Government

Sabemos que golfinhos e morcegos utilizam a ecolocalização para caça e locomoção. Estes animais emitem ondas sonoras de alta frequência e escutam os ecos, construindo uma imagem do mundo a sua volta. O que cientistas descobriram recentemente é a forma como esta capacidade incrível evoluiu nos dois grupos animais independentemente, a partir das mesmas mutações genéticas.

Estudo liderado por Stephen Rossiter, biólogo evolucionário da Queen Mary University of London, sugere que a evolução pode desenvolver os mesmos traços através dos mesmos passos em animais muito diferentes. Este tipo de evolução, denominada evolução convergente (ou convergência evolutiva) é comum na natureza. Continue lendo…

7. O lago alcalino que transforma animais em “pedra”

Águia-pescadora-africana. © Nick Brandt 2013,  Hasted Kraeutler Gallery, NY

Águia-pescadora-africana. © Nick Brandt 2013, Hasted Kraeutler Gallery, NY

Em 2011, o fotógrafo Nick Brandt viajou ao leste da África para capturar imagens que seriam utilizadas no seu novo livro, Across the Ravaged Land, sobre o desaparecimento da vida selvagem naquela região do continente. Foi então que Brandt se deparou com um lugar fantástico: um lago natural que parece transformar os animais em pedra. Continue lendo…

8. 2 em 1: Criança de 8 anos morre na noite de núpcias e Surto de sarampo; vacinas homeopáticas suspeitas

VacinaçãoNotícias lastimáveis no “2 em 1″. No Iêmen, uma menina de apenas 8 anos de idade faleceu na sua noite de núpcias. Não, a senhora ou o senhor não leu errado. Ou leu? Talvez eu tenha lido! De novo: uma menina de apenas 8 anos de idade faleceu na sua noite de núpcias. Já no Canadá, um surto de sarampo assusta as autoridades de saúde. A venda de vacinas homeopáticas, ou “nosodos”, pode estar por trás do ressurgimento da doença, normalmente controlada. Continue lendo…

9. Método de regeneração capilar é o primeiro a induzir o crescimento de novos fios de cabelo humano

Pela primeira vez, cientistas utilizaram células das papilas dérmicas humanas — aquelas na base dos folículos capilares, como o da foto — ´no desenvolvimento de novos cabelos. Foto: Laboratório de Claire Higgins/Christiano no Centro Médico da Universidade de Colúmbia

Pela primeira vez, cientistas utilizaram células das papilas dérmicas humanas — aquelas na base dos folículos capilares, como o da foto — no desenvolvimento de novos cabelos. Foto: Laboratório de Claire Higgins/Christiano no Centro Médico da Universidade de Colúmbia

Pesquisadores do Centro Médico da Universidade de Colúmbia desenvolveram um método de restauração capilar que pode gerar o crescimento de novos fios de cabelo humano, ao invés de simplesmente redistribuir o cabelo de uma parte da cabeça para outra. A descoberta pode aprimorar o uso dos transplantes capilares em mulheres que sofrem com perda de cabelo — que tendem a receber poucas doações — e homens no estágio inicial da calvície, por exemplo. O estudo foi publicado no periódico Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS). Continue lendo…

10. Cientistas param a luz por um minuto

Cientistas descobriram como prender a luz dentro de um cristal por 60 segundos.

Cientistas descobriram como prender a luz dentro de um cristal por 60 segundos.

Cientistas da Darmstadt Technical University, na Alemanha, conseguiram um feito recorde ao parar a luz – a coisa mais veloz do universo – por um minuto completo.

Em dissertação publicada no Physical Review Letters, os pesquisadores explicaram como tiveram êxito em interromper a viagem da luz prendendo-a dentro de um cristal por meio do processo conhecido como transparência induzida eletromagneticamente. Continue lendo…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: